• Mateus Vilela

Como a comunicação pode mudar uma marca

De um tempo para cá a comunicação vem mudando bastante, porém existe um fator que é primordial para que ela continue funcionando bem: um bom alinhamento entre cliente e agência, onde fique bem claro qual a perspectiva do mesmo e qual o objetivo que ele almeja.

Nem sempre o foco principal do cliente é vender… Eu explico. Para que uma empresa se sustente, vender é importante, mas, pra quem ela vende, é bem mais, pois é muito mais vantajoso que ele seja fidelizado do que apenas consuma o nosso produto uma vez só. Criar uma comunidade de fãs é bem melhor do que executar uma venda, pois a comunidade defende, propaga e acredita nos ideais da mesma.


Para que isso aconteça é muito importante saber quem consome e pode vir a consumir a marca, pois essa informação pode ajudar na hora de posicioná-la, porém, em alguns casos, apesar de vender muito, a mudança de posicionamento vem do cliente, pois pode acontecer de o público que a marca alcança não ser necessariamente o desejado pela mesma, e tudo isso envolve uma série de reposicionamentos.


Um caso muito famoso e estudado em vários cursos de comunicação é o case da Havaianas, onde a marca tinha um posicionamento muito focado no Público C, porém a marca tinha como objetivo se reposicionar após a chegada da concorrente Rider no mercado e, após algumas pesquisas de mercado, foi apontado que esse tipo de calçado e principalmente a Havaianas era vista como um calçado de ficar em casa, pois passava a ideia de algo feio e associado às classes mais baixas.


A saída encontrada pela marca foi investir em publicidade, pois só ela poderia virar o jogo e mostrar uma nova cara para as Havaianas, passando, inclusive, a ideia de ser algo sofisticado. A marca trouxe produtos com várias opções de cores e possíveis combinações com roupas e estilos diferentes, conquistando o público AAA e passando a

ser associada a luxo e se tornando uma marca internacional.


Aqui na Okbox tivemos a nossa “havaianas”. No nosso caso, foi a JustSoul, uma marca de semijoias e acessórios, que tem como público pessoas jovens, estilosas e com um poder aquisitivo relativamente alto.

No início, a marca se posicionou com uma voz e imagem muito focadas no tropical, porém sem uma identidade que se comunicasse com o público e, ao mesmo tempo, não estando alinhada com a expectativa do cliente. A resolução encontrada pela dupla criativa Luíza Rosa e Roseane Gomes foi fazer um redesign da marca mudando não só o visual, mas também o tom da voz da marca. Esse foi o resultado:



Após todas as mudanças o faturamento da marca aumentou bastante e isso só prova o quanto a mudança de posicionamento de comunicação e alinhamento com o cliente podem mudar tudo para uma empresa.


Caso você esteja passando pelo mesmo problema que as marcas citadas acima, já sabe, né?! A Okbox pode, com certeza, te ajudar.